Levantamento fitossociológico do Mirim (Humiria balsamifera (Aubl.) A. St. Hil) em área de Restinga ocasionalmente alagada no projeto de assentamento Rio Pirangi, Morros-MA

  • CARVALHO, Mary Jane Nunes Universidade Estadual do Maranhão
  • SILVA, Rayanne Soeiro Universidade Estadual do Maranhão
  • REIS, Régilla Martins dos Universidade Estadual do Maranhão
  • ROCHA, Ariadne Enes Universidade Estadual do Maranhão
  • ALMEIDA, Martha Cristina Conde Associação Agroecológica Tijupá
Palavras-chave: Espécies, Fitossociologia, Manejo, Valor de importância

Resumo

O estudo foi realizado com objetivo de caracterização da composição florística da área de
ocorrência natural de mirim permitindo ampliar o conhecimento quanto ao manejo e a possibilidade
de uso da espécie. Foram avaliados os parâmetros fitossociológicos: Densidade Total,
Densidade, Frequência, Dominância, Absoluta e Relativa, Área Basal, Valor de Importância,
Valor de Cobertura e Índice de Shannon. Foram amostrados um total de 320 indivíduos sendo
8 famílias e 10 espécies no estrato adulto e 8 famílias e 13 espécies no estrato regenerante.
O maior valor de importância foi encontrado no estrato adulto da Humiria balsamifera com
64,46% e no estrato regenerante 14,39%. A espécie H.balsamifera destacou-se no estrato
adulto para todos os parâmetros avaliados. A baixa ocorrência no estrato regenerante se deve
provavelmente a dificuldade de suas sementes germinarem e ocorrência de queimada. A espécie
apresenta-se como alternativa para a composição de sistemas agroflorestais na região.

Publicado
2018-08-18