Armazenamento refrigerado do rizóforo de yacon; viabilidade e qualidade para formação de mudas

  • QUARESMA, Mateus Augusto Lima Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • OLIVEIRA, Fábio Luiz de Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • TEIXEIRA, Ariany das Graças Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • MENDES, Tiago Pacheco Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • PARAJARA, Magno do Carmo Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
Palavras-chave: baixas temperaturas, recipiente de plantio, Smallanthus sonchifolius

Resumo

O armazenamento de órgãos propagativos de vegetais, em condições de baixas temperaturas,
é uma técnica amplamente difundida. No entanto, o tempo e as condições de armazenamento,
serão diretamente dependentes da espécie, órgão, massa, estádio fisiológico e
interesse específico no processo. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência do tempo
de armazenamento refrigerado dos rizóforos de yacon, plantados em dois recipientes com
capacidade volumétrica distintas, na uniformidade de brotação, qualidade e viabilidade na formação
de mudas. Os Resultados demonstraram que, a utilização de recipiente de 280 cm3 é
mais adequado que a utilização de recipientes de 110 cm3 para produção de mudas de yacon,
devido a maior velocidade de brotação e menor taxa de mortalidade. Com o armazenamento
refrigerado do rizóforo, é possível manter sua viabilidade e qualidade para formação de mudas.
Além disso, pode influenciar a fisiologia de crescimento inicial dessas.

Publicado
2018-08-20