Construção do conhecimento em sistemas agroflorestais agroecológicos: avaliação e aprendizagens sob a perspectiva dos agricultores do PDS Sepé Tiaraju em Serrana/SP

  • FRANÇA LOPES DOS SANTOS, Vitor Universidade de São Paulo – ESALQ
  • GOUVÊA, Rúben Universidade Federal de São Carlos
  • KRULL, Karen Nobre Universidade Federal de São Carlos UFSCar
  • SIQUEIRA, Maisa Frighetto Resende Universidade Federal de São Carlos UFSCar
  • QUEIROGA, Joel Leandro de Embrapa Meio Ambiente
  • CAMPOS, Rodrigo Junqueira Barbosa de Mutirão Agroflorestal
Palavras-chave: agrofloresta, transição agroecológica, extensão rural agroecológica, Assentamento Sepé Tiaraju, Ribeirão Preto

Resumo

O presente artigo busca apresentar dados que demonstrem como um trabalho de pesquisa-
-ação e extensão rural agroecológica persistente consegue, através de um projeto que apoia
a agricultura familiar, assentada de reforma agrária, a fomentar uma transição orgânica e/ou
agroecológica em um conjunto de ações estratégicos de ATER. O Projeto SAFs (assim denominado
pelos beneficiários) é fruto de uma política pública estadual e beneficiou 35 famílias
de agricultores do assentamento Sepé Tiaraju, localizado em Serrana/SP. Estes agricultores
iniciaram a implantação de Sistemas Agroflorestais (SAFs) biodiversos que variam de 0,5 a
1 hectare. A pesquisa foi realizada com 10 destes 35 agricultores, os quais fazem parte do
mesmo núcleo interno do assentamento – o Núcleo Chico Mendes. Este núcleo se caracteriza
por estar fisicamente separado do restante do assentamento, segmentado pela rodovia
Abraão Assad.

Publicado
2018-08-20