Produção e análise bromatológica de repolho e rabanete em consórcio

  • SILVA, Cláudio Augusto Rodrigues da Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Centro Vocacional Tecnológico em Agroecologia e Agricultura Orgânica
  • CARRILHO, Angelina Junqueira Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Centro Vocacional Tecnológico em Agroecologia e Agricultura Orgânica
  • JUNQUEIRA, Ana Maria Resende Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Centro Vocacional Tecnológico em Agroecologia e Agricultura Orgânica
Palavras-chave: Brassica oleracea var. capitata, Raphanus sativus, Matéria Mineral, Proteína Bruta, Fibra Bruta, Matéria Fresca

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da consorciação de culturas na produção
e composição bromatológica de repolho e rabanete. O experimento foi conduzido na
área de produção de hortaliças da Fazenda Água Limpa - FAL, da Universidade de Brasília,
de junho a novembro de 2013. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com seis
tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos foram os seguintes: monocultura de repolho
(Rp6); monocultura de rabanete (Rb42); consórcio com uma linha de repolho e uma linha de
rabanete (RpRb1); consórcio com uma linha de repolho e duas linhas de rabanete (RpRb2);
consórcio com uma linha de repolho e três linhas de rabanete (RpRb3); consórcio com uma
linha de repolho e quatro linhas de rabanete (RpRb4). Foram realizadas duas colheitas de
rabanete e uma colheita de repolho e coletadas amostras para análise da massa fresca (MF)
e seca (MS) das duas culturas. Foram coletadas 200g de amostra da raiz do rabanete e do
repolho para análise de matéria mineral (MM), fibra bruta (FB) e proteína bruta (PB) em laboratório.
Para raiz de rabanete, houve efeito da colheita em todas as variáveis. Na avaliação do
repolho, não houve diferença entre os tratamentos em relação à composição de MM, PB e FB
e na produção de MF e MS. O consórcio de repolho e rabanete mostrou-se viável tecnicamente,
não alterando a qualidade bromatológica e a produção das culturas envolvidas.

Publicado
2018-08-15