Percepções dos agricultores sobre animais silvestres na Rota dos Butiazais

  • AZAMBUJA, Simone Associação Brasileira de Agroecologia
  • SOUZA, Gabriela Coelho de Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • KUBO, Rumi Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: butiá, fauna silvestre, agrobiodiversidade, desenvolvimento local

Resumo

O modo como o ser humano vê, pensa e imagina a natureza se transforma no tempo e no
espaço. Escolheu-se pesquisar, neste estudo, as visões de agricultores do município de Tapes,
pertencente à Rota dos Butiazais, sobre os animais silvestres, através da análise das
percepções, sentimentos e atitudes que permeiam as relações humanas com as espécies
locais e dessas com os butiazais. A Rota tem como objetivos, sensibilizar as pessoas sobre o
valor da biodiversidade, promover a conservação dos butiazais e da cultura relacionada, fortalecer
a identidade regional e promover a inclusão social bem como o desenvolvimento local
através do turismo, gastronomia e artesanato. A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas
semi-estruturadas. As classes de animais, presentes na região, mais lembradas foram as de
mamíferos e aves. Observou-se que são necessários estudos interdisciplinares mais aprofundados
sobre a relação entre as espécies locais com a preservação e ampliação das áreas de
butiazais.

Publicado
2018-08-13