Desenvolvimento inicial e qualidade de mudas de Carapa guianensis Aubl. cultivada com diferentes doses de esterco bovino e calagem

  • Sharon Rose Rodrigues Universidade Federal do Pará
  • Thiago O. Carnevali
  • Dhyene Rayne Silva dos Santos
  • Natalia H. S. Carnevali
  • Diovany D. Ramos
Palavras-chave: Andiroba, nativa da Amazônia, planta medicinal., Andiroba, native to the Amazon, medicinal plant.

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar o desenvolvimento inicial e qualidade de mudas de Carapa guianensis cultivada com diferentes doses de esterco bovino e calagem. O trabalho foi conduzido em Altamira, PA. Foram estudados quatro doses de esterco bovino (0, 15, 30 e 45 t ha-1) e quatro doses de calcário dolomítico (0, 2, 4 e 6 t ha-1, PRNT 80%), arranjado em esquema fatorial 4x4, no delineamento experimental blocos casualizados. Todas as características avaliadas foram influenciadas pelas doses de esterco bovino e calcário. De modo geral, as doses de 45 t ha-1 de esterco e 6 t ha-1 de calcário proporcionaram maior crescimento e produção de biomassa de plantas e maior índice de qualidade Dickson.

Publicado
2020-09-14
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica