A inserção da juventude na agroecologia: militância e mudanças geracionais

  • BETTO, Janaina UFSM, Santa Maria-RS
  • MARCON, Gian UFSM, Santa Maria-RS
  • COGHETTO, Franciele UFSM, Santa Maria-RS
  • CRODA, Jéssica UFSM, Santa Maria-RS
Palavras-chave: jovens, geração, gênero, movimento social

Resumo

Nas últimas décadas tem sido cada vez mais notório o reconhecimento da juventude rural e
de sua importância para a continuidade da agricultura familiar. O artigo busca fazer inferências
sobre aspectos presentes nas relações sociais de produção e a agroecologia, à luz de
questões de gênero, geração e militância. Para tanto, foi feita uma entrevista, análise de documentos
e bibliografia. Se percebeu que a militância dos membros da família e o processo
de diálogo permitiram uma construção e prática mais horizontal para desenvolver um sistema
produtivo alternativo, onde tradições e costumes se tornam mais flexíveis para que ocorra
uma real inserção da juventude, demonstrando a importância de romper com hierarquias para
a juventude se sentir parte do processo.

Publicado
2018-08-21