Uso e ocupação de áreas produtivas na Horta Comunitária EREMCC, Petrolina-PE

  • Lucas Ricardo Almeida Universidade Federal do Vale do São Francisco / Sertão Agroecológico
  • Diego Cesar A. Lima Verde
  • Helder Ribeiro Freitas
  • Rita de Cássia Gonçalves–Gervásio
  • Elson de Oliveira
Palavras-chave: Horta comunitária; Mapeamento; Segurança alimentar; Agrobiodiversidade

Resumo

A Agricultura Urbana e Periurbana englobam atividades de produção de alimentos em ambientes urbanos. O objetivo do presente trabalho foi analisar a sazonalidade no uso e ocupação da terra na Horta Comunitária EREMCC, Petrolina – PE. As informações foram levantadas nos meses de agosto de 2018 e março de 2019, sendo obtidas por meio da medição espacial da área cultivada, permitindo uma estimativa dos limites e o cálculo da área total do espaço. Além disso, também fez-se o uso de GPS e dos softwares ArcGIS 10.2 e AutoCAD para sistematização de informações espaciais e confecção de mapa temático. Constatou-se que a horta ocupa uma área de 6.200 m², sendo que em agosto de 2018, 73% desse total não eram cultivados, sendo ocupado por plantas espontâneas, o que indica uma grande área inexplorada para produção e/ou outros usos. Em março de 2019, foi observado um aumento em 35,71 % na produção de alimentos, sendo que a maior parte dos canteiros foi cultivada com couve, coentro e alface. Tais mapeamento podem contribuir com o desenvolvimento e estruturação de agroecossistemas urbanos com segurança fundiária e produtiva para as famílias.

Publicado
2020-05-19