Sistema Agrossavânico (SAS) e a contextualização da produção agroecológica no Cerrado

  • Fernando Martins Parré UFSCar - CCA
  • Guel Bernucci
  • Joana Ortega
  • Priscila Loiola
Palavras-chave: Conservação, Consórcio, Gramíneas, Produtividade, Restauração

Resumo

Resumo

O Cerrado ocupou 25% do território brasileiro, mas altas taxas de degradação de causa antrópica criaram a necessidade da restauração massiva deste ecossistema. É fundamental considerar a realidade agrícola e cultural das paisagens, suscitando sistemas produtivos que regenerem funções ecossistêmicas contextualizados com a sociedade humana. Em fitofisionomias florestais, existem Sistemas Agroflorestais manejados, sobre os quais há significativo acúmulo de conhecimento sistematizado. O presente trabalho propõe o Sistema Agrosavânico - SAS, fundamentado em conceitos dos SAFs, adaptado às condições do Cerrado. Realizamos uma revisão bibliográfica sobre grau de uso, restauração e conservação do cerrado e sobre quais espécies nativas do Cerrado são usadas em sistemas produtivos com e sem consórcio. As informações sobre espécies vegetais nativas e seus usos são escassas, tanto em consórcio quanto outras formas de cultivo. Produzimos uma lista de espécies nativas com potencial de uso em SAS. Apresentamos uma base teórica mínima sobre os sistemas produtivos adaptados ao Cerrado e seu grande potencial.

Publicado
2020-09-13
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica