Desafios da transição agroecológica por meio de sistema agroflorestal no Sítio São João em Sorocaba - SP

  • Jéssica dos Santos Franciscatte Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba
  • Fernando Silveira Franco Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba
  • Joice Santos Franciscatte Universidade Federal de Santa Maria - campus Frederico Westphalen
  • Juliane Salapata Duarte Universidade Federal de Santa Maria - campus Frederico Westphalen
Palavras-chave: Agroecologia, desenvolvimento sustentável, agricultura familiar, biodiversidade

Resumo

Nos últimos 40 anos, a agricultura familiar vem perdendo espaço para as mudanças da agricultura convencional com o uso intensivo dos agrotóxicos e o avanço da agricultura empresarial. Este novo formato enquadra apenas o interesse de poucos grupos econômicos. além disso, seu custo é muito alto, não vê a floresta como aliada, utiliza os recursos locais de maneira inapropriada. De acordo com a modernização da agricultura, surge os sistemas agroflorestais como alternativa ao modelo existente, nos princípios da agroecologia, como sistemas que objetivam o aumento da diversidade em um menor espaço. Diante disso, este trabalho descreve os desafios impostos à transição agroecológica por meio de sistema agroflorestal, retrata o método de implantação, custos, rendimento e comercialização dos produtos do sítio São João, localizado na cidade de Sorocaba no estado de São Paulo, no período de dois anos, e apresenta resultados obtidos na construção do conhecimento e nas relações socioambientais.

Biografia do Autor

Jéssica dos Santos Franciscatte, Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba

Técnologa em silvicultura e em Gestão Ambiental. Experiência em monitoramento agroecológico e inventário florístico; treinamentos e integrações na área ambiental; e ministração de aulas para jovens e adolescentes. 

Fernando Silveira Franco, Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba

Engenheiro Florestal, formado na Universidade Federal de Viçosa, MG, (1992) Doutorado em Ciencia Florestal, UFV, (2000) na Área de Sistemas Agroflorestais, na Agricultura Familiar. Membro da diretoria da Ass. Bras. de Agric. Biodinâmica e da Ass. Bras.de Agroecologia. Professor Associado na UFSCAR - Campus Sorocaba, nos cursos de Engenharia Florestal, Biologia e Pós Graduação em Agroecologia. Coordenador do Núcleo de Agroecologia Apetê-Caapuã, desenvolvendo trabalhos de pesquisa participativa, extensão agroecológica e apoio a processos organizativos visando restauração florestal na região de Sorocaba, tendo os sistemas agroflorestais e biodinâmicos como foco.

Joice Santos Franciscatte, Universidade Federal de Santa Maria - campus Frederico Westphalen

Possui graduação em Tecnólogo Silvicultura pela Faculdade de Tecnologia de Capão Bonito (SP)(2016) e ensino-medio-segundo-graupela Sacre Coeur Des Enfants(2013). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Silvicultura.

Juliane Salapata Duarte, Universidade Federal de Santa Maria - campus Frederico Westphalen

Possui ensino-medio-segundo-graupelo Colégio Estadual Onofre Pires(2011). Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal.

Publicado
2020-09-07
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica