Experiências agroecológicas desenvolvidas em comunidades sertanejas por meio das atividades de retorno de estudantes da Escola Família Agrícola do Sertão, Monte Santo, BAHIA

  • SAMPAIO, Beatriz de Souza Escola Família Agrícola do Sertão
  • TROILO, Gabriel UNESP / Escola Família Agrícola do Sertão
  • ANDRADE, Ana Karolina de Escola Família Agrícola do Sertão
  • PEREIRA, Érica Gonçalves Escola Família Agrícola do Sertão
  • BRITO, Emília dos Reis de Escola Família Agrícola do Sertão
  • BRITO, Emília dos Reis de Escola Família Agrícola do Sertão
  • SOUZA, Sidineide Gama Secretaria Municipal de Educação de Itiúba
Palavras-chave: transição agroecológica, educação do campo, diálogo de saberes, escola família agrícola

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi investigar o potencial das Atividades de Retorno desenvolvidas
por estudantes da Escola Família Agrícola do Sertão em promover a transição agroecológica
de sistemas produtivos em comunidades sertanejas. A Atividade de Retorno é um
instrumento pedagógico constituinte da Pedagogia da Alternância, método educativo utilizado
pelas Escolas Famílias Agrícolas para a formação de jovens do campo, colocando-os em diálogo
com a realidade e provocando-os à intervir na mesma. Nesta investigação foram feitas
entrevistas com estudantes, técnicos em agropecuária e agricultores, verificando-se as implicações
das experiências agroecológicas desenvolvidas nas ARs em promover a transição
agroecológica da produção das comunidades. Os Resultados demonstram como as propostas
de ARs tem gerado uma influência importante nas comunidades, através do diálogo de conhecimentos
entre estudantes e agricultores, tem-se avançando com o processo de transição
agroecológica das mesmas.

Publicado
2018-08-19