Estudos etnobotânicos em comunidades rurais de Cocal dos Alves, Piauí: resgate dos conhecimentos tradicionais

  • LEMOS, Raysa Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
  • SANTOS, Francisco fjuniomagalhaes3@hotmail.com
  • MENDES, Maura Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
Palavras-chave: Diversidade vegetal, Comunidades tradicionais, Aspectos socioeconômicos

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento tradicional em botânica e analisar dados
socioeconômicos das comunidades Gameleira, Goiabeira, Carnaubal, do município de Cocal
dos Alves, Piauí. O trabalho foi realizado usando dados qualitativos e quantitativos, sendo coletadas
informações etnobotânicas e socioeconômicas através de entrevistas semiestruturadas,
utilizando-se o método de amostragem por bola-de-neve e a técnica de turnê-guiada. As
famílias com maior representatividade em número de espécies foram a Fabaceae, Lamiaceae
e Anacardiacea. Nas três comunidades, a categoria medicinal teve maior destaque, seguida
pelo uso na alimentação humana. De modo geral, as partes mais utilizadas foram às folhas,
principalmente na forma de chás. Observou-se que estudos dessa natureza têm grande importância,
pois ajudam a conhecer e preservar conhecimentos tradicionais, bem como contribuem
para a conservação da diversidade biológica.

Publicado
2018-08-17