O Uso Agrícola da Terra na Comunidade do Broca, Município de Santa Luzia do Pará, Nordeste Paraense, Amazônia Oriental

  • Lívia Tálita da Silva CARVALHO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA
  • Alexandre de SOUZA
  • Fabricio do Carmo FARIAS
  • Luiz Cláudio Moreira MELO JÚNIOR
  • Antonio Valmique Alves da SILVA FILHO
Palavras-chave: Agricultura familiar, assistência técnica, insumos agrícolas, roça.

Resumo

Esta pesquisa objetivou realizar levantamento socioeconômico e ambiental referente ao uso agrícola da terra nos estabelecimentos de agricultura familiar, na comunidade do Broca, município de Santa Luzia do Pará-PA, visando colaborar para a construção de novas formas de compreensão do universo agrário e agrícola na Amazônia. Para tanto, utilizou-se a abordagem de pesquisa em domicílio dos entrevistados, com a aplicação de quarenta e quatro questionários, estruturados com sessenta e quatro questões. Os resultados demonstram que o cultivo da terra é realizado pelos pequenos proprietários rurais, tendo como mão de obra essencialmente o núcleo familiar, onde as principais fontes de renda são os produtos advindos da lavoura mandioca (Manihot esculenta Crantz), do feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.) do milho (Zea mays spp.), e programas sociais como o bolsa família e a aposentadoria rural. Cerca de 93,02% dos produtores alegam não ter acesso a assistência técnica e insumos agrícolas que possibilitem um maior desenvolvimento da agricultura, resultando na utilização de métodos manuais para a implantação da roça, chamado como corte e queima.

Publicado
2018-12-27
Seção
AGROECOL - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas