Ensino de Agroecologia

Um Processo de Conhecimento para Realizar Cultivos Ecológicos

  • Cláudio José BERTAZZO UF Catalão (Ex UFG)
Palavras-chave: Aprendizagens e experimentações. Metodologias participativas. Mediação e Docência.

Resumo

Ensinar Agroecologia, mais do que exercer uma militância, possibilita criar competências para um quefazer agrícola em bases conservacionistas que aponta para o bem viver. Assim, tem-se com objetivo deste estudo examinar fundamentos e princípios educativos emergentes do pensamento sistêmico que coloquem em primazia o envolvimento dos sujeitos e a expansão de suas capacidades intelectuais por meio do reflexionamento e da inflexão sobre os temas de agricultura ecológica e produção de alimentos em agroecossistemas isentos de venenos e sintonizados com os modelos auto constituídos na natureza. As metodologias que se utilizou no curso deste estudo foram as revisões bibliográficas, a observação participante e a experimentação de estratégias de ensino que valorizam a apropriação de saberes por meio das pesquisas, dos estudos de caso e da resolução de problemas. Os resultados mostram que é possível avançar com os princípios de ensino fundados na mediação didática, cuja eficácia não tem a efemeridade características de outras estratégias de ensino. Pelo contrário, gera situações de aprendizagens prazerosas, participação livre e engajada dos sujeitos das ações educativas

Publicado
2018-12-28
Seção
AGROECOL - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas