Refazenda Morada Agroecológica

Uma Experiência Agroflorestal em um Quintal de uma República Rural de Estudantes Universitários, em Araras, SP

  • Gelton Fernando de Morais UFSCar
  • Luiz Octávio Ramos-Filho
Palavras-chave: Agroecologia, Agrofloresta, Produção, República Estudantil.

Resumo

A “Refazenda Morada Agroecológica” é uma república rural de estudantes de Agroecologia da UFSCar, em Araras, SP, que ocupa uma área de 5.000m² e é cercada pela cultura convencional da cana-de-açúcar. Em 2011, quando foi fundada, seus/suas moradores/as começaram a cultivar o quintal, degradado pelo plantio da cana, utilizando grandes quantidades de adubação verde consorciadas com culturas alimentícias e árvores. Com o passar dos anos, pessoas que se formavam deixavam a casa e suas vagas eram ocupadas pelas pessoas que ingressavam à universidade e optavam por morar no campo. Assim também se sucediam as pessoas que manejavam o quintal da república. Os manejos realizados eram regidos pelos principais princípios agroflorestais: cultivo orgânico, utilização de matéria orgânica para adubação, consorciação de espécies agronômicas e arbóreas, uso de adubação verde, estratificação, etc. Este trabalho objetiva descrever as colheitas que foram realizadas num período de 2 anos e 7 meses, a partir de registros fotográficos realizados entre janeiro de 2016 e julho de 2018 da maioria das colheitas obtidas. O resultado obtido neste trabalho, através da quantificação do que foi produzido neste período de tempo, serve para embasar argumentos sobre os benefícios de se produzir alimentos em casa: redução dos gastos com comida, maior consumo de alimentos orgânicos, frescos e livres de produtos químicos – e todos os benefícios que isto traz – e também a consolidação do conhecimento teórico obtido em sala de aula. Observa-se um total colhido neste período de 46 produtos com a produção de 43 espécies alimentícias.

Publicado
2019-01-04
Seção
AGROECOL - Sistemas agroflorestais em bases agroecológicas