Estudo comparativo entre sistemas de manejo de pastagens: Pastoreio Racional Voisin e convencional

  • Lucas Antunes da Silva UFFS/MST
  • Claudia Petry Universidade de Passo Fundo
Palavras-chave: Pastagem, PRV, Pastoreio rotativo, Composição botânica

Resumo

O sistema convencional de produção de leite e carne se mostrou ineficiente para, além de produzir um alimento de qualidade, salvaguardar suas bases produtivas. Neste contexto, o Pastoreio Racional Voisin (PRV) se mostra como uma ferramenta fundamental que possibilita a produção de carne e leite eficientemente. O presente trabalho teve como objetivo realizar um estudo comparativo entre o sistema convencional de manejo de pastagem (SCON) e o sistema PRV (SPRV), e suas diferentes respostas quanto a Produção de Matéria Seca e Composição Botânica das Pastagens. Foram estudadas duas Unidades de Produção localizadas no Município de Nova Andradina – MS. O SPRV está implantado há 6 anos. Para determinação da produção de MS foi utilizado o método do Rendimento Comparativo. Para estimativa da composição botânica foi utilizado o método do Peso Seco Escalonado. Os resultados indicam que o manejo de pastagem em PRV contribui para um maior acúmulo de forragem quando comparado ao pastejo intensivo, apresentando uma maior produção de matéria seca por área. A composição botânica se mostrou semelhante em ambos os sistemas, variando apenas o percentual de ocupação das espécies.

Publicado
2018-12-29
Seção
AGROECOL - Produção Animal Agroecológica