Quintal Agroflorestal

Relato da Experiência Realizada com a Comunidade da Apa Baía Negra, Ladário/MS

  • Ianna Louise CHAGAS Núcleo de Estudos de Agroecologia do Pantanal – NEAP - UFMS, Corumbá, MS
  • Alberto FEIDEN Embrapa Pantanal
  • Cátia URBANETZ Embrapa Pantanal, Corumbá, MS
  • Ubiratan PIOVEZAN Embrapa Tabuleiros Costeiros, Aracaju, SE
  • Edgar Aparecido da COSTA Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Corumbá, MS,
Palavras-chave: Agroecologia, Agricultura Familiar, Sustentabilidade, Unidade De Conservação.

Resumo

O objetivo deste relato é descrever a experiência com quintais agroecológicos realizada em maio de 2016 na APA Baía Negra, no município de Ladário, localizado na porção Oeste do estado de Mato Grosso do Sul. Utilizou-se, metodologicamente, de um dia de campo cujas principais atividades práticas consistiram em limpeza e uso da biomassa e posterior plantio de mudas e sementes. Essa ação é articulada com outras em comunidades próximas, sendo fundamental para realizar trocas de material genético, aumentando a diversidade de sementes naturais espalhadas nos municípios de Ladário e Corumbá. Serve, ainda, para promover a ampliação da renda de cada família envolvida, nos casos de excedentes na produção. A partir do potencial produtivo das famílias integrantes do projeto, os técnicos fizeram a incorporação de matéria orgânica no solo e em seguida o plantio de várias cultivares e foi definido um calendário para plantio e colheita. A equipe técnica prestou apoio e realizou palestras para capacitação dos envolvidos. Nos primeiros resultados obtidos, do ponto de vista técnico, as perdas foram acima do esperado. Já a visão dos moradores foi bem positiva, de modo que o projeto pôde reorientar as práticas para obter resultados melhores nos períodos subsequentes, no segundo ciclo observamos um aumento na quantidade de cultivares produzidas como também a multiplicação de algumas delas.

Publicado
2018-12-27
Seção
AGROECOL - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas