O Histórico de Luta da Comunidade Pana na Construção das Escolas do Campo

Rosalvo da Rocha Rodrigues e Extensão Delfina Nogueira de Souza

  • Rosana Macedo UFMS
Palavras-chave: Luta, Comunidade, Educação, Emancipadora, Libertadora.

Resumo

Foi no contexto de luta pela terra que se formou a comunidade Projeto de Assentamento Nova Alvorada (PANA), composto por famílias ligadas a terra como boias-frias, arrendatários, meeiros, ou simplesmente desempregados com sonhos e esperanças na reforma agrária em busca de seu pedaço de chão para dar dignidade a sua família. Este trabalho objetiva mostrar a formação da comunidade PANA e a organização da educação escolar dessa comunidade procurando expor a trajetória das escolas Rosalvo da Rocha Rodrigues e Extensão Delfina Nogueira de Souza. O debate sobre a Educação do Campo proposta pelos movimentos sociais surgiu junto a lideranças, professores, estudantes, pais e comunidade em geral de forma bastante confusa e tímida. Com o caminhar da comunidade e das escolas aos poucos esse debate foi sendo incorporado principalmente pelos docentes dessas escolas que passaram a trabalhar os mesmos conteúdos curriculares exigidos de forma que atendesse a realidade da clientela campesina. Os resultados desse trabalho podem ser visto pelo aumento gradativo de alunos que terminam o ensino médio e ingressam nas universidades em sua maioria em cursos de Licenciaturas muitos vendo a oferta de licenciaturas em educação do campo como uma oportunidade de ingresso no mercado de trabalho e ao mesmo tempo uma forma de contribuir na luta por uma Educação do Campo libertadora e emancipatória.

Publicado
2018-12-28