Avaliação da percepção da gestão dos resíduos sólidos provenientes da agricultura familiar nos assentamentos Baeté e Bom Jardim, Barreiros - PE

  • NETO, Manuel IFPE-Campus Barreiros
  • NOGUEIRA, Hebert IFPE-Campus Barreiros
  • MELLO, Marcelo IFPE-Campus Barreiros
  • SENA, Amanda IFPE-Campus Barreiros
  • FILHO, Rinaldo IFPE-Campus Barreiros
Palavras-chave: descarte, lixo, meio rural

Resumo

O descarte e gestão dos resíduos sólidos representam um grande desafio nas cidades e nas
propriedades familiares rurais. O objetivo deste estudo foi verificar a gestão e o descarte dos
resíduos sólidos produzidos pelos agricultores familiares nos assentamentos Bom Jardim e
Baeté, Barreiros – PE. Foi realizada uma entrevista semiestruturada composta por 32 questões
tendo como enfoque os aspectos ambientais das propriedades e o descarte dos resíduos
sólidos. Também foi utilizada uma pesquisa documental junto a Lei de resíduos sólidos na Prefeitura.
O estudo constatou o descarte inadequado de resíduos orgânicos e inorgânicos. No
assentamento Baeté (81,8%) dos entrevistados queimam seus residuos organicos domesticos,
(4,5%) descartam a céu aberto e (13,6%) utilizam a coleta convencional. No assentamento
Bom Jardim foi observado que (90,0%) quemaim seus resíduos orgânicos ou descartam
a céu aberto. A frequência do descarte de resíduos nas áreas também variou entre um dia e
dois dias.

Publicado
2018-08-21