O Programa Mais Gestão como interface de conhecimento e comercialização na PNAPO - Brasil

  • SOUSA, Carla Silva Universidade de Brasília
  • RAMOS, Paula Daniella Prado Universidade de Brasília
  • ÁVILA, Mario Lucio de
  • MIRANDA FILHO, Reinaldo José de Universidade de Brasília
Palavras-chave: Políticas públicas, agricultura familiar, mercados institucionais

Resumo

Os principais mecanismos de fomento para incentivo e difusão da agroecologia são a Política
Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO) e o seu Plano Nacional (PLANAPO).
Dentre as iniciativas compostas no Plano, a assistência técnica, mesmo que não atendida
plenamente, ainda assim foi objeto de inovações importantes. O presente estudo reporta a
análise do Programa Mais Gestão (PMG) como instrumento desta política. O PMG (associado
à meta 14 do PLANAPO 2013-15) contribuiu por meio de sua metodologia diferenciada para
melhorar a gestão das cooperativas de agricultores familiares e promover o acesso dessas
a mercados institucionais. Conclui-se que o PMG foi uma inovação importante, no entanto,
a redução do aporte de recursos para suas ações entre 2013-2015 promoveu um declínio
no atendimento às cooperativas e, por consequência, no atendimento das políticas públicas
de compras governamentais da agricultura familiar, fato agravado com a descontinuidade do
governo brasileiro.

Publicado
2018-08-21