Programa Cerrado: uma estratégia para incentivar a restauração de áreas degradadas e a conservação do bioma cerrado

  • CANÁRIO, Silvana Neuza Pereira Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia
  • LIMA, Camila Silva de Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia
  • TRINDADE, Jamile Patrícia Barbosa Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia
  • PEREIRA, Vitor Alberto de Matos Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia
Palavras-chave: Agricultura familiar, Agroecologia, Sustentabilidade, Educação Ambiental

Resumo

A degradação ambiental no Brasil e, em especial no Cerrado, decorrente da exploração da
agropecuária, tem transformado consideravelmente o perfil do bioma, caracterizando-o como
uma região de ocupação territorial desordenada, com solo compactado, com rios assoreados
e estressados, de água subterrânea contaminada, e com perda de biodiversidade, refletindo
sobre todo o ecossistema. No intuito de minimizar os impactos negativos decorridos desse
cenário e mitigar os efeitos das emissões de CO2 na atmosfera, provenientes da mudança no
uso do solo, particularmente pela conversão de florestas em plantação de grãos e pastagens
e visando promover a redução contínua da taxa de desmatamento decorrente de queimadas e
incêndios florestais, surge o Programa Cerrado Bahia. O presente relato de experiência, visa
historiar e publicizar as ações propostas neste programa que vem culminando em ações de
restauração, baseadas nos princípios agroecológicos, reforçando a importância das práticas
alternativas ao uso do fogo, através de atividades com pequenos agricultores familiares.

Publicado
2018-08-22