Ouvir os saberes das mulheres rurais para refletir sobre o fazer da assistência técnica e extensão rural

  • ANDRADE, Naila S. M. Universidade Federal do Ceará – UFC.
  • FERNANDES, Beatriz R.
  • ESMERALDO, Gema G. S. L.
Palavras-chave: Saberes do Campo, Agricultoras, Agroecologia

Resumo

Como uma ação da chamada publica de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) para
mulheres, o projeto Agroecologia e Feminismo executado pela ONG Escritório de Planejamento
Rural (Esplar - Centro de Pesquisa e Assessoria), teve como principal sujeito, 240 mulheres
agricultoras em situação de extrema pobreza do Estado do Ceará. Durante a atividade
de Avaliação e Monitoramento Parcial do projeto, identificou-se que as falas das mulheres
convergiam para diversos temas dentre eles a Metodologia do trabalho de ATER. Com isto,
buscou-se sistematizar as principais falas e contextualizá-las segundo o tema da prática de
ATER no sentido de dialogar sobre a importância de uma ATER específica sendo construída
e executada a partir da realidade e das demandas das próprias sujeitas respeitando seus saberes,
e suas palavras que são carregadas das mais diversas experiências vividas.

Publicado
2018-08-19