Mulheres e o planejamento do manejo florestal comunitário e familiar na Reserva Extrativista Verde para Sempre

  • MIRANDA, Katiuscia Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB)
  • AMARAL, Waldileia Rendeiro Núcleo de Estudos em Educação e Agroecologia da Amazônia/ IFPA- Campus Castanhal
  • AMARAL NETO, Manuel Almeida Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB)
  • SOUSA, Romier Paixão Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Castanhal,
  • COELHO, Roberta de Fátima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Castanhal
Palavras-chave: Gênero, Agroecologia, Amazônia

Resumo

Nas últimas décadas, as discussões sobre o Manejo Florestal Comunitário e Familiar (MFCF)
tem conquistado espaço como alternativa econômica importante para comunidades rurais. O
presente relato se propõe a apresentar e dar conhecimento a uma experiência, em curso, da situação
que envolve a participação das mulheres em Associações rurais no processo de implementação
de Plano de Manejo Florestal Sustentavel (PMFS) na Reserva Extrativista (ResEx)
Verde Para Sempre. A metodologia é composta por revisão de literatura sobre temas relacionados
a estudos sobre: mulheres, família, trabalho, agroecologia, manejo florestal entre outros
necessários para refletir a situação observada em campo. Os resultados alertam para a importância
de reforçar estratégias que propiciem a integração da mulher no debate florestal, como,
por exemplo, ampliando a abordagem a partir da concepção de “saberes agroecológicos”.

Publicado
2018-08-19