A autonomia econômica das mulheres rurais nos PLANAPOs

  • MOURÃO, Patrícia de Lucena SEAD/CC/PR
Palavras-chave: políticas públicas, inovação

Resumo

No período de 2003 a 2016, o governo brasileiro inovou na implementação de políticas públicas
para mulheres rurais, incorporando a perspectiva da autonomia econômica e da agroecologia.
Sob a coordenação da Diretoria de Política para Mulheres Rurais do Ministério do Desenvolvimento
Agrário, foram implantadas políticas para mulheres, que contribuíram também,
para as políticas de apoio a agroecologia. Esse trabalho analisou as intenções do governo
federal na promoção da autonomia econômica das mulheres rurais nos Planos Nacionais
de Agroecologia e Produção Orgânica. Os resultados revelam uma pouca expressivdade de
ações concretas para mulheres nesses instrumentos. Revelou, também, uma baixa participação
delas nas instâncias de coordenação e controle social. Assim, permanecem os desafios
de incorporar as demanda nas mulheres nas prioridades de governo e garantir a participação
delas nas instâncias de gestão e controle social.

Publicado
2018-08-19