A importância do empoderamento da mulher camponesa na gestão da propriedade rural

  • CRODA, Jéssica Puhl Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • PROCKNOW, Djoney Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • LAZAROTTO, Samara Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen/RS
  • FIGUEREDO, Oscar Agustin Torres Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen/RS
Palavras-chave: Tendas Rurais, Extensão Rural, Sustentabilidade, Agroecologia; Feminismo

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo realizar um diagnóstico da realidade vivenciada pelas
mulheres camponesas no meio rural, tendo em vista a inferiorização e desvalorização como
práticas cotidianas. Através de entrevistas realizadas com mulheres camponesas em tendas
rurais do município de Quinze de Novembro/RS, foi possível conhecer e visualizar tanto os
problemas enfrentados por elas, quanto à importância da mulher para o fortalecimento da
agricultura familiar e desenvolvimento local. Os principais problemas enfrentados foram a falta
de sucessão familiar e a submissão da mulher, sendo esses, reflexos da imagem transmitida
do meio rural de atrasado e sem perspectivas. Sendo assim, é necessário agir localmente
para promover mudanças no âmbito regional através de iniciativas como as tendas rurais que
valorizam a autonomia do trabalho da mulher camponesa, ao mesmo tempo que serve de
incentivo para uma produção sustentável e, dessa forma, promover a segurança alimentar
utilizando os princípios da Agroecologia.

Publicado
2018-08-19