Mulheres, ervas medicinais e alimentação saudável: uma experiência no Médio Alto Uruguai do Rio Grande do Sul

  • HERRERA-ORTUÑO, Judit Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PGDR/UFRGS)
  • CHARÃO-MARQUES, Flávia PGDR/UFRGS
Palavras-chave: gênero, sustentabilidade, alimentação, soberania alimentar

Resumo

A partir de um estudo etnográfico realizado junto a um grupo organizado de mulheres rurais,
este trabalho traz a experiência destas em torno do debate da saúde e do uso de ervas medicinais,
buscando evidenciar práticas e discursos na relação que elas estabelecem com o
que denominam de alimentação saudável e agroecologia. O entrelaçamento de práticas que
envolvem a associação entre conhecimentos, plantas medicinais, organização social e ação
política faz emergir, no Médio Alto Uruguai do Rio Grande do Sul, transformações na inclusão
das mulheres em projetos relacionados às políticas públicas de extensão rural e desenvolvimento
territorial. As atividades de formação nas quais as mulheres estiveram envolvidas
parecem estar contribuindo com o processo de debate e de avanço da produção ecológica de
alimentos no território em questão.

Publicado
2018-08-19