Percepção de técnicas agroecológicas por mulheres do Território Professor Cory/Andradina

  • BRITO, Rosilva Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo “José Gomes da Silva”
  • SANTOS, Neli Cristina Belmiro dos Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios
Palavras-chave: princípios agroecológicos, capacitação, assentadas

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar o grau de conhecimento de mulheres assentadas
sobre as técnicas de produção utilizadas no Território professor Cory/Andradina. A pesquisa
foi constituída de aplicação de questionário com questões abertas. Nas áreas de produção,
elas não usam produtos químicos, fertilizantes e agrotóxicos. Utilizam o máximo de estercos
e matérias orgânicas do próprio lote. Elas conseguem entender que a terra, gente, animais e
plantas se interacionam, favorecendo o equilíbrio ambiental. As produtoras no seu dia a dia,
fazem experimentações em seus sistemas de produção, pois apesar de não saberem o termo
cientifico, reconhecem as necessidades de utilização consciente do solo e do ambiente como
um todo. Demonstra-se neste relato a ênfase das capacitações como forma de intervenção,
alinhada aos anseios das produtoras na preocupação de produzirem alimentos saudáveis.

Publicado
2018-08-19