Vivências, lutas e a conquista da autonomia feminina na agroecologia: Relatos da agricultora Elaine de Souza Martins Ahnert

  • SILVA, Fabiola Paulino da Universidade Federal de Viçosa - MG
  • CALBINO, Daniel Universidade Federal de São João Del Rei - MG
  • MELO, Angelina Moreira Universidade Federal de São João Del Rei - MG
Palavras-chave: Mulheres, Trajetórias, Agroecologia

Resumo

A partir das reivindicações da Articulação das Mulheres do Campo de Minas Gerais, apresentadas
ao governo mineiro em 2015, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário e a Fundação
João Pinheiro-MG desenvolveram uma pesquisa sobre a realidade das mulheres na agroecologia.
Foram realizadas reuniões que definiram o escopo e o formato da pesquisa. Com
a perspectiva de dar visibilidade às trajetórias de vida e de lutas das mulheres adotou-se a
Metodologia de história oral. Assim, 12 mulheres foram indicadas para serem entrevistadas e
representarem a realidade das mulheres do campo de Minas Gerais. Considerando a abrangência
da pesquisa, foi necessário delimitar o objetivo do presente artigo para a história de
vida de uma produtora. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo geral apresentar
a trajetória de Elaine de Souza Martins Ahnert, marcada por lutas e conquistas a luz de suas
experiências com as hortas agroecológicas (PAIS).

Publicado
2018-08-19