FEIRAS AGROECOLÓGICAS E ORGÂNICAS EM MACEIÓ: SOBERANIA ALIMENTAR E PROTAGONISMO FEMININO CAMPONÊS

  • Ana Paula Grotti CLEMENTE UFAL
  • Cristina de Souza Lira GAMELEIRA UFAL
  • Daniel da Silva VASCONCELOS UFAL
  • Giovana LONGO-SILVA UFAL
  • Jonas Augusto Cardoso SILVEIRA UFAL
  • Leiko ASAKURA UFAL
  • Ludmila de Melo BARROS UFAL
  • Maria Alice Araújo OLIVEIRA UFAL
  • Nicole Almeida Conde VIDAL UFAL
  • Risia Cristina Egito de MENEZES UFAL
  • Silvia Pereira BOMFIM UFAL
  • Wanda Griep HIRAI UFAL
Palavras-chave: feiras agroecológicas, soberania alimentar, feminismo camponês

Resumo

O objetivo do presente trabalho é relatar a experiência vivenciada em duas feiras agroecológicas do município de Maceió – AL, apoiadas pelo projeto de extensão “Colhendo Bons Frutos: Nutrição e Agroecologia”. As feiras agroecológicas e orgânicas UFAL/Centenário são espaços de oferta de alimentos oriundos de uma produção sustentável e isenta de agrotóxicos, constituindo importantes equipamentos de promoção da segurança alimentar e nutricional. As ações de educação continuada, estímulo à produção e diversificação de alimentos orgânicos, melhoria na infraestrutura das feiras, atividades de educação nutricional e ambiental e inserção das temáticas relativas à agricultura familiar, agroecologia e gênero no Curso Graduação em Nutrição da FANUT/UFAL, tem contribuído para a qualificação das feiras, geração de renda para as famílias camponesas, bem como reconhecimento do papel das mulheres no campo, fortalecendo a luta por sistemas alimentares mais sustentáveis, justos e equitativos.

Publicado
2020-05-13
Seção
CIFA - Feminismo, Agroecologia e Soberania Alimentar