RAIZEIRAS E BENZEDEIRAS DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE: ARTICULANDO SABERES E FEMINISMO

  • Ana Carolina Figueiredo SILVA
  • Janaina Gomes dos SANTOS
  • Crisângela Elen de SOUZA
Palavras-chave: Raizeiras e Benzedeiras, Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH, Plantas Medicinais, Feminismo

Resumo

O presente trabalho busca evidenciar a importância das raizeiras e benzedeiras da RMBH e como suas práticas com as plantas medicinais as auxiliaram nas vivências pessoais e coletivas e nas trocas dos saberes. Através de entrevistas realizadas com raizeiras e benzedeiras residentes na RMBH, observou-se que as práticas fazem parte da história dessas mulheres e que a agroecologia através de plantas medicinais transformou suas vidas no âmbito familiar e social. Além disso, observa-se a importância da agroecologia no contexto dos sistemas alimentares agroecológicos com a adoção de práticas agroecológicas por meio do cultivo das plantas medicinais. Assim, o presente trabalho busca dar visibilidade aos ofícios de raizeiras e benzedeiras na RMBH, bem como as origens e práticas de cura com as plantas; perpetuação dos saberes tradicionais, da agroecologia e da importância do feminismo na vida cotidiana das raizeiras da na RMBH.

Publicado
2020-05-11
Seção
CIFA - Feminismo, Agroecologia e o Comum na Construção de Sist. Alim. Urbanos