BUSCADORES/AS DA FEIRA DO IFRN PROCURAM PRODUTOS DE CONFIANÇA E ACESSIBILIDADE, MAS NÃO SE PREOCUPAM COM A CAUSA DA ECONOMIA SOLIDÁRIA

  • Rebeca Eloisa da Silveira NOGUEIRA
Palavras-chave: Mulheres, Agroecologia, Capitalismo, Patriarcado

Resumo

O capitalismo é um modo de produção criado historicamente. Tendo como princípios básicos a exploração e o lucro, sem a devida preocupação com a natureza ou com princípios morais, há grupos que buscam fugir desse modelo. Junto de diversas formas de opressão, as mulheres são um grupo extremamente atingido. A Economia Solidária se apresenta como uma alternativa adotada por diversos grupos. Entendendo isso, o projeto Geração Solidária fomenta, capacita e fortalece empreendimento solidários no RN. Uma das atividades promovidas pelo projeto é a realização da Feira de Economia Solidária do IFRN – Campus Mossoró. Abrangendo a comunidade acadêmica e externa, a feira é mais um espaço de comercialização a preço justo, contando com uma variedade de produtos agroecológicos, orgânicos e artesanatos. Neste processo, as mulheres são as grandes protagonistas no cultivo destes produtos. Para ampliar a compreensão deste processo, desenvolvemos um estudo sobre os/as buscadores/as da feira.

Publicado
2020-05-12
Seção
CIFA - Feminismos, Agroecologia e Economia Solidária