Potencial Energético da Palma Forrageira

  • Bruna dos Santos Souza Universidade Estadual da Paraíba
  • Gabriella Henrique Brandão Universidade Estadual da Paraíba
  • Vitória Saskia Ferreira Barroso Universidade Estadual da Paraíba
  • Deibson Teixeira da Costa Universidade Estadual da Paraíba
Palavras-chave: biocombustíveis, meio ambiente, recursos naturais, sustentabilidade.

Resumo

A busca por alternativas sustentáveis tem crescido de forma considerável devido a utilização cada vez maior dos recursos naturais, que vem acarretando na exploração excessiva de matérias-primas finitas, de grande importância para a sobrevivência humana, assim como das demais espécies e do meio ambiente. Diante do que foi supracitado, é de suma importância conhecer e estudar os potenciais energéticos de cada espécie, sendo a palma forrageira (Opuntia sp. ou Nopalea sp.) uma alternativa eficaz para a produção de biocombustíveis e energia sustentável, considerando suas propriedades regenerativas e geradoras de princípios ativos que podem ser benéficos para o setor energético. Em relação ao que foi dito, foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva de abordagem quantitativa, que foi caracterizada pela aplicação de um questionário semi-estruturado com 13 perguntas direcionadas aos alunos do Campus II da Universidade Estadual da Paraíba, localizado na cidade de Lagoa Seca-PB, visando ter uma panorama geral sobre as percepções dos respondentes da universidade sobre a palma forrageira, suas propriedades e princípios ativos. Através dos resultados foi possível perceber que a grande maioria dos alunos conhece a palma forrageira, porém uma parcela significativa deles não conhece quais são os potenciais da espécie no que diz respeito a sua contribuição para a produção de biocombustíveis e consequentemente sustentabilidade. Diante disso, faz-se necessário um maior debate e interação com a comunidade acadêmica sobre o tema, buscando desenvolver projetos e avanços em relação ao tema.

Publicado
2020-11-03