Condicionamento fisiológico de sementes de Crotalaria ochroleuca

  • Bruna Neves Pereira da Silva Mestranda em Agronomia na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Faculdade de Ciências Agrárias, Dourados-MS
  • Tathiana Elisa Masetto Professora de Tecnologia de Sementes na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Faculdade de Ciências Agrárias, Dourados-MS
  • Viviane Wruck Trovato Doutoranda em Agronomia na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Faculdade de Ciências Agrárias, Dourados-MS
Palavras-chave: Adubo verde, germinação de sementes, tratamento de sementes.

Resumo

A crotalária é uma das principais culturas utilizadas para a adubação verde, controle de nematoides e na reforma de canaviais. O conhecimento e manutenção da qualidade das sementes é um fator relevante para o estabelecimento do estande adequado. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do condicionamento fisiológico em sementes de Crotalaria ochroleuca. Os tratamentos constituiram-se de cinco soluções de polietileno glicol (PEG 6000) nas concentrações de 0 (testemunha); -0,2;     -0,4; -0,6 e -0,8 MPa. O condicionamento osmótico induzido por PEG 6000 até a concentração de -0,8 MPa reduziu a germinação e a velocidade de germinação de sementes de Crotalaria ochroleuca.

Publicado
2020-11-20