O Uso De Resíduos Agroflorestais No Desenvolvimento De Plântulas De Feijão De Corda

  • Matheus de Miranda Ribeiro Borges Bacharel em Agronomia, UFRA
  • Líllian Alexia Lameira da Rocha Bacharel em Agronomia, UFRA
  • Ana Carolina Duarte Graduanda em Agronomia, UFRA
  • Dênmora Gomes de Araújo Professora Adjunta, UFRA/ICA
Palavras-chave: açaí, substrato, castanha.

Resumo

O uso de resíduos orgânicos da atividade agrícola tem se mostrado uma alternativa para sua destinação. Nesse sentindo, são necessárias alternativas de produtos para serem usados como substrato. O feijão-caupi é uma fonte de proteína estratégica para a alimentação humana devido sua adaptabilidade edafoclimática. Sendo assim, este trabalho avaliou o desenvolvimento inicial do Feijão de Corda em função da incorporação de resíduos agroflorestais ao solo. Os parâmetros avaliados foram germinação, Índice de Velocidade de Germinação, altura da planta, comprimento de raiz, peso da matéria fresca e seca da raiz e parte aérea e tamanho da área foliar. O tratamento composto de caroço de açaí + solo (1:1) promoveu maior desenvolvimento da parte aérea e área foliar, peso de massa seca e fresca, bem como maior taxa de germinação para os dois genótipos. O uso de casca de semente de castanha do brasil não é recomendado como substrato para a produção de Feijão Caupi.

Publicado
2020-11-20