Produtividade de fava (Phaseolus lunatus L.) em função da Adubação com Resíduo de Laticínios e Composto Orgânico

  • Demichaelmax Sales de Melo Doutorando do Programa de Pós-gradução em Agronomia, Universidade Federal da Paraíba
  • Mácio Farias de Moura Professor associado da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, Fitotecnia
  • Sueli da Silva Santos-Moura Aluna do curso de formação pedagógica em Ciências Biológicas do Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
  • José Marcelino da Silva Junior Mestre pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, Fitotecnia
  • José Kennedy do Nascimento Ribeiro Mestrando em Produção Agrícola, Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Cláudia Machado Costa Graduando em Agronomia Universidade Federal do Agreste de Pernambuco
Palavras-chave: Resíduo industrial; Fertilizantes orgânicos; Variedade crioula

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar o rendimento de duas variedades de fava em função da aplicação de composto orgânico e resíduo de laticínio. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O delineamento foi em blocos ao acaso em esquema fatorial [(2 x 3) + 4], sendo duas variedades, três formas de adubação orgânica mais quatro testemunhas adicionais, em três repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias, comparadas por Tukey a 5% de probabilidade. Foi empregado o teste de Dunnett para as comparações envolvendo as testemunhas adicionais e os demais tratamentos. Os softwares empregados para estatística foram o SAEG 9.1 e o SAS 9.0. A maior produtividade foi alcançada na variedade Branquinha em função da fertilização com resíduo de laticínio; não foi possível constatar diferença entre a adubação orgânica e mineral.

Publicado
2020-11-25