AGROECOLOGIA, SOBERANIA ALIMENTAR E MULHERES AMAZÔNICA

  • Aline Gonçalves Barbosa
  • Giulia Andrich
Palavras-chave: agricultura familiar; biodiversidade; extrativismo; gênero

Resumo

Diante da ameaça de degradação do bioma amazônico e da invisibilização histórica em que as
mulheres residentes da região se encontram, o presente estudo visa analisar dois exemplos de
protagonismo feminino, ligados à agricultura familiar e ao extrativismo A análise é baseada na
coleta de relatos, observação participante, processos de extensão rural e revisão bibliográfica.
Em ambos foi possível constatar a expressiva contribuição das mulheres para a soberania
alimentar e para a conservação da biodiversidade amazônica, Como entrave, constatou-se a
necessidade do desenvolvimento de ferramentas para auxiliar no fortalecimento e articulação do
trabalho dessas mulheres, neste sentido, a agroecologia se apresenta como uma base importante
para a construção de novas realidades

Publicado
2021-07-14
Seção
Trabalhos apresentados sobre Mulheres, Feminismos e Agroecologia