O IMPACTO DA COVID-19 NA VIDA DAS MULHERES RURAIS DO NORDESTE DO BRASIL

  • Laeticia Medeiros Jalil
  • Michelly Aragão Guimarães Costa
  • Luiza Carolina Silva
  • Maria do Socorro de Lima Oliveira
Palavras-chave: : Mulheres rurais; COVID-19; Divisão sexual do trabalho; Violência de gênero

Resumo

O artigo apresenta os resultados do estudo sobre o impacto da COVID-19 na vida das
mulheres rurais durante a pandemia na região nordeste do Brasil. Por meio de uma
investigação exploratória quanti e qualitativa, foram analisados fatores determinantes sobre a
condição de trabalho e o acúmulo do trabalho doméstico e cuidados; situação sobre a
produção de alimentos; violência de gênero; estratégias e ações comunitárias que as mulheres
têm desenvolvido frente às desigualdades agravadas pela COVID-19. A violência estrutural
interseccional e histórica como o patriarcado, o racismo e o capitalismo contra as mulheres
rurais no contexto da pandemia reforçou a precariedade e a vulnerabilidade de suas vidas,
além de expor a violência de gênero, a crise de cuidados em suas famílias e comunidades e o
retorno da fome.

Publicado
2021-07-14
Seção
Trabalhos apresentados sobre Mulheres, Feminismos e Agroecologia