Abundância e diversidade de artrópodes de solo em sistemas agroflorestais no Sudeste do Pará

  • LIMA, Pedro Lima Junior Associação Floresta Protegida
  • RODRIGUES, Diego de Macedo Associação Floresta Protegida
Palavras-chave: Biodiversidade, agrossilvicultura, artropodofauna, agroecossistemas

Resumo

Os sistemas agroflorestais são formas de uso e manejo de recursos naturais nos quais espécies
lenhosas são utilizadas em associação com cultivos agrícolas simultaneamente. Esses
sistemas permitem maior eficiência ao uso da terra e maior diversificação biológica, sendo um
sistema ecológico mais equilibrado. Os insetos são os mais importantes indicadores do equilíbrio
ambiental, portanto a diversidade e abundanciada da fauna edáfica podem revelar o nível
de equilíbrio ambiental. O objetivo com este trabalho é avaliar a abundância e diversidade de
artrópodes em sistemas agroflorestais no sudeste do Pará. Em março e abril de 2015 foram
coletados em 4 diferentes agroecossistemas um total de 12.809 indivíduos de 20 grupos taxonômicos.
Os grupos de maior incidência foram Formicidae (37,28%), seguido de Collembola
(36,99%), Coleóptera (13,47%) e Díptera (4,70%). O sistema agrossilvicultural alcançou a
segunda maior diversidade, superado a pastagem e sendo superada somente pela floresta

Publicado
2018-08-13