Tecendo redes de produção-consumo: a experiência das Células de Consumidores Responsáveis em Florianópolis-SC

  • Isadora Leite Escosteguy Universidade Federal de Santa Catarina
  • Marina Carrieri
  • Marina Correa
  • Oscar José Rover
Palavras-chave: Agricultura Familiar; Mercados; Comercialização; Alimentos Orgânicos; Tecnologia social

Resumo

Debates na sociedade acerca da qualidade de alimentos consumidos e o aumento da demanda por alimentos saudáveis, orgânicos e/ou agroecológicos produzidos localmente, promovem a busca por novas formas de produção e comercialização. Uma das iniciativas surgiu em 2016, mediada pela equipe do Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar (LACAF/UFSC). As Células de Consumidores Responsáveis (CCR), modelo alternativo de venda direta por pedido antecipado (VDPA) de alimentos orgânicos/agroecológicos se organizam a partir de grupos de agricultores familiares, certificados pela Rede Ecovida, que acessando diretamente mercados de consumidores interessados no consumo orgânico e/ou agroecológico melhoram a sua remuneração e garantem preços mais acessíveis aos consumidores. A experiência facilita a construção de vínculos de proximidade entre agricultores e consumidores, além de criar espaço de socialização e aprendizagem coletiva entre os membros.

Publicado
2020-07-10
Seção
CBA - Economias dos Sistemas Agroalimentares de Base Agroecológica