Potencial fisiológico de sementes de milho armazenadas por pequenos agricultores no município de Euclides da Cunha/BA

  • Anna Christina Passos de Menezes
  • Rosângela Macedo Jesus DTCS/Uneb
  • Erifranklin Nascimento Santos UFPB
  • Olorounchola David Didolanvi DTCS/Uneb
  • Carmem Valdênia da Silva Santana IFMA
Palavras-chave: conservação; germinação; qualidade fisiológica.

Resumo

O trabalho foi desenvolvido com o objetivo de analisar a qualidade física e fisiológica de sementes de milho armazenadas por pequenos agricultores visando orienta-los na melhor forma de armazenamento, visto que a cultura do milho é base da agricultura familiar. O material vegetal foi constituído por amostras de milho variedade Feroz, Híbrido, AG 7088 e Catetão, armazenadas em sacos de nylon e vaso de zinco pelo período de seis meses. Para avaliação da qualidade física e fisiológica, as sementes foram submetidas aos testes de pureza física, teor de água, germinação, primeira contagem de germinação, plântulas normais, IVG e TMG. As sementes das variedades Híbrido, Feroz e AG7088 mantiveram elevado potencial fisiológico, porém a variedade Catetão apresentou baixo potencial fisiológico, sofrendo ação direta das condições de armazenamento.

Publicado
2020-09-13
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica