Diagnóstico social e produtivo do Assentamento Frei Damião em Inhapi/AL

  • Franqueline Terto dos Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Silvania Soares Melo
Palavras-chave: Assentamento Rural; Diagnóstico Sócio-Produtivo; Reforma Agrária; Transição Agroecológica

Resumo

Este trabalho apresenta um diagnóstico social e produtivo do Assentamento Frei Damião, localizado no alto sertão alagoano, município de Inhapi, realizado através da aplicação de questionários e entrevistas individuais. Essa comunidade rural encontra-se na região do semiárido, em que a seca tem grande impacto sobre as famílias, provocando o êxodo rural cada vez mais crescente. A falta de chuvas atinge todo o sertão, mas seu maior impacto está ligado aos agricultores familiares que dependem das chuvas para produzir. O diagnóstico objetivou (re) conhecer a comunidade com o levantamento do perfil das famílias assentadas, bem como das suas principais necessidades. Desta forma, contribuirá para iniciar a discussão e ações rumo a transição da agricultura tradicional para a agroecológica, como parte da luta pela Reforma Agrária. A agroecologia representa um novo modelo de vida e desenvolvimento rural sustentável, para a produção de alimentos saudáveis e melhores condições de vida da sociedade.

Publicado
2020-08-06
Seção
CBA - Construção do Conhecimento Agroecológico e Dinâmicas Comunitárias