Efeito da aplicação de práticas agroflorestais sobre a fertilidade do solo – Serras do Sudeste/RS

  • Daniel Hanke Universidade Federal do Pampa
  • Shirley Grazieli da Silva Nascimento
  • Célia Moreira de Oliveira
Palavras-chave: matéria orgânica do solo; bases trocáveis; agroecologia; ciclagem de nutrientes.

Resumo

O objetivo desse estudo foi investigar a dinâmica de alteração de atributos químicos, físicos e físico-químicos de solo sob Agrofloresta no tempo. O estudo foi realizado em uma propriedade agroflorestal no município de Pelotas/RS. A Coleta das amostras de solo foi realizada a partir da abertura de trincheiras. As amostras foram coletadas de diferentes camadas do perfil nas seguintes condições: Testemunha (T); agrofloresta com 1 ano; agrofloresta com 3 anos; agrofloresta com 7 anos e; mata em regeneração. Foram determinados o pH do solo; ii) teores de bases trocáveis; iii) teores trocáveis de Al+3 e H+; iv) granulometria, densidade e umidade do solo e; teores de C e N. A adoção de práticas agroflorestais apresentam potencial de melhorias dos atributos relacionados à Fertilidade do solo. Essas alterações possuem relação com o aumento dos teores de MOS, que controlam a dinâmica de ciclagem e retenção de nutrientes, bem como atua enquanto regulador hídrico e filtro ambiental.

Publicado
2020-09-07
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica