A importância da agroecologia e a desmistificação do potencial agrícola familiar nos Municípios de Itapipoca, Trairi, Pentecoste e Paracuru no Estado do Ceará

  • Francisco Tavares Forte Neto Universidade Federal do Ceará
  • Antônio Aristides Pereira Gomes Filho
  • Luiza Rayol Rodrigues Barros
  • Mariana Gomes Vieira
  • Maria Lúcia de Sousa Moreira
  • Mara Cibely de Oliveira
Palavras-chave: Diversidade Produtiva; Produção Agroecológica; Segurança Alimentar; Soberania Alimentar.

Resumo

O trabalho visa mostrar a diversidade produtiva por área cultivada nas produções agroecológicas, nos municípios de Trairi, Pentecoste, Paracuru e Itapipoca do Estado do Ceará. Esses dados são essenciais para dar maior visibilidade e importância para as produções agroecológicas. A pesquisa foi realizada a partir de dados fornecidos pelo Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador – CETRA, Organização da Sociedade Civil (OSC). Com essas informações tabulamos todos os produtores de cada município com as principais produções e a área utilizada para cultivo. Expressando quantitativamente o quanto que as práticas agroecológicas podem gerar diversidade alimentícia em uma escala comerciável, pois todos os produtos são escoados por meio das Feiras Agroecológicas Solidárias, desmistificando que esse tipo de produção não gera renda e é incapaz de alimentar várias famílias.

Publicado
2020-06-29