Potencial para o uso de composto à base de biossólido na agricultura de base orgânica no estado do Rio Grande do Sul.

  • Viviane Spiering
  • Rodrigo de O. Siqueira
  • Henrique N. da Cunha
  • Nathany M. Blank
  • Letícia Penno de Sousa Embrapa Clima Temperado
  • Adalberto K. Miura
Palavras-chave: lodo de esgoto; segurança ambiental; adubo orgânico

Resumo

Este estudo teve como objetivo identificar as regiões de maior concentração de produtores orgânicos, como também os locais de maior produção de lodo de esgoto no estado do Rio Grande do Sul, indicando territórios com maior potencial para produção e consumo de composto à base de biossólido. Neste intuito, foram elaborados produtos cartográficos a partir de dados sobre a produção orgânica e a geração de esgoto no estado. Com isso, foi possível verificar um grande potencial na região que abrange os municípios da região metropolitana de Porto Alegre dada a significativa concentração de produtores orgânicos e a grande oferta de lodo proveniente do tratamento de esgoto.

Publicado
2020-07-10
Seção
CBA - Economias dos Sistemas Agroalimentares de Base Agroecológica