Protagonismo da juventude no agroecossistema Colina do Sol localizado na comunidade Alvaçã, município de Campo Formoso/BA

  • Júlio Cézar Almeida Lopes UNIVASF
  • Telma Sueli e Silva de Magalhães
  • Kryssia Gislayne Pinheiro Melo
  • Cristina Barreto da Silva
Palavras-chave: Agricultura Familiar; Pró-Semiárido; LUME; Agroecologia.

Resumo

O presente trabalho teve objetivo de aferir os efeitos das trajetórias de inovação sociotécnica, na agricultura familiar de base agroecológica, com ordenamento e análise qualitativa das informações coletadas no agroecossistema do núcleo de gestão familiar – NSGA de Iraliza Vieira Pinto e José Gabriel Pinto. Os dados da pesquisa foram coletados a partir da metodologia LUME – Método de Análise Econômico-Ecológica de Agroecossistemas, com orientação do guia para entrevista semiestruturada – guia orientador, oriundo da capacitação para agentes de ATER do Programa Pró-Semiárido, realizada entre os dias 09 a 12 de abril de 2019. A pesquisa é fruto do levantamento de dados realizado no agroecossistema Colina do Sol localizado na comunidade rural de Alvaçã, município de Campo Formoso, Estado da Bahia, no dia 23 de abril de 2019, pelos técnicos do projeto Pró Semiárido e do Irpaa, responsáveis por realizar o assessoramento técnico no município de Campo Formoso. Com base nos resultados da análise qualitativa, ao agroecossistema Colina do Sol apresenta aumento dos índices de protagonismo da juventude. 

Publicado
2020-10-04