Sistemas Agroflorestais em Bases Agroecológicas

Alternativa Estratégica Para a Segurança Alimentar e Nutricional e Geração de Renda na Agricultura Familiar

  • Adriana Rita Sangalli UFRGS
  • Tatiana Mota Miranda UFRGS
  • Milton Parron Padovan EMBRAPA
Palavras-chave: Agrobiodiversidade, Agroecologia, Agricultura familiar, Diversificação produtiva.

Resumo

A produção de alimentos em sistemas agroflorestais biodiversos (SAFs), ancorada em princípios agroecológicos, viabiliza diversos serviços ecossistêmicos que contribuem com a conservação da biodiversidade e a geração de renda. Além disso, garante a segurança alimentar e nutricional para agricultores e consumidores. Neste contexto, este estudo tem como objetivo analisar a contribuição de sistemas agroflorestais biodiversos desenvolvidos por agricultores familiares na promoção da segurança alimentar e nutricional, na geração de renda e na conservação da biodiversidade. A coleta de dados foi realizada entre os anos de 2015 a 2017, em trinta propriedades de agricultura familiar de três estados brasileiros (Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo), as quais possuem sistemas agroflorestais biodiversos implantados. Durante as visitas às propriedades, foram realizadas entrevistas com os agricultores, seguindo um roteiro semiestruturado, contendo questões relacionadas ao manejo dos SAFs, produtividade, comercialização e geração de renda. Verificou-se que a área destinada aos sistemas agroflorestais, na maioria das propriedades, ainda são muito restritas em relação às áreas totais, contudo a produção de alimentos é diversificada, principalmente de espécies frutíferas. O aumento dessas áreas certamente aumentaria, ainda mais, a produtividade e/ou diversidade de alimentos e, consequentemente, maior conservação da agrobiodiversidade nas propriedades. Dessa forma, as instituições de pesquisa e assistência técnica (governamentais e não governamentais) são fundamentais para auxiliar os agricultores na expansão desses sistemas.

 

Biografia do Autor

Adriana Rita Sangalli, UFRGS

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS.

Tatiana Mota Miranda, UFRGS

Dra. em Ciências Biológicas, docente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS.

Milton Parron Padovan, EMBRAPA

Dr. em Agronomia, pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste.

Publicado
2019-01-04
Seção
AGROECOL - Sistemas agroflorestais em bases agroecológicas