Análise Teórica

a participação feminina na atividade econômica rural

  • Samya ABUD Faculdade Campo Grande
  • Dolores Ribeiro COUTINHO
  • Alessandra Muzzi CHAVES
  • Djmes Yoshikazu de Lima SUGUIMOTO
Palavras-chave: Gênero, Economia Rural, Empoderamento Feminino.

Resumo

A mulher sempre foi parte relevante da garantia pela segurança alimentar e nutricional das famílias, por participar historicamente do desenvolvimento da agricultura. Sua presença permaneceu discreta por muito tempo no setor. Hoje a participação das mulheres de maneira ativa nas diferentes ocupações da sociedade integra uma realidade cada vez mais crescente. O objetivo do presente estudo é evidenciar, por meio de análise teórica, que nos últimos anos a participação das mulheres tem contribuído para o desenvolvimento da sociedade e inovação da vida no meio rural. Trata-se de um primeiro esforço para identificar e caracterizar o perfil da mulher na atividade econômica rural e de uma tentativa em saber onde e como atuam, além das demandas e entraves enfrentados por fazer parte de um ambiente tradicionalmente dominado por homens no Brasil. É notório que a participação feminina na agricultura familiar vem impulsionando o desenvolvimento socioeconômico nacional, assim seu protagonismo no Brasil na produção de alimentos, tem se tornado inclusive referência mundial, certamente não teria alcançado resultados tão relevantes sem o conhecimento, a capacidade, a competência e a forma como a mulher se insere na organização do processo produtivo da agricultura familiar. Ainda que de maneira muito tímida as mulheres atuam no plantio, na colheita, no beneficiamento, na comercialização dos seus produtos nas feiras agroecológicas e contribuem na qualificação da produção com assistência técnica especializada, lideram associações e cooperativas, são empreendedoras, assumindo um importante papel no processo produtivo, além de contribuir efetivamente para construir caminhos para superação das situações de desigualdade.

Publicado
2018-12-28