Ciência e Práxis Forjados na Transição Agroecológica do PA 20 de Março, Três Lagoas/MS

  • Francielle Rodrigues de Macedo UFMS/CPTL
Palavras-chave: Práxis, Ciência, Agroecologia, Agricultura camponesa

Resumo

É por meio da reforma agrária que o camponês sem terra tem acesso à terra e, dessa forma, por meio da agricultura pode realizar a reprodução social do grupo doméstico. A agricultura camponesa é aquela que mais se aproxima da agroecologia porque suas práticas e técnicas são inerentes ao modo de vida camponês, que é diferente da agricultura capitalista. Nesse sentido, a agroecologia é uma forma de preservação do modo de vida e de (re)produção camponesa diretamente ligada a uma economia cuja centro é a recriação da vida, não do lucro.  O desafio neste estudo, através de entrevistas e projetos relacionados e desenvolvidos através do Laboratório de Estudos Territoriais (LABET), vinculado a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas (UFMS/CPTL), é compreender como ocorre a relação entre agricultura camponesa e agroecologia no assentamento 20 de Março, em Três Lagoas, considerando especialmente as dimensões fundamentais da agroecologia, a saber: prática/científica/movimento.

Publicado
2019-01-05
Seção
AGROECOL - Construção de Conhecimentos Agroecológicos