Produção Agroecológica de Compostagem de Folhas, Frutos e Madeira Triturada

  • Gustavo Gonçalves FRANCO
  • Samuel Laudelino Silva Universidade do Estado de Mato Grosso - NEA NATER
  • Eduardo Dantas EMILIANO
  • Marcos Vinícius Souza SILVA
  • Fabio dos Santos COSTA
Palavras-chave: composto orgânico, resíduo solida decomposição de matéria orgânica

Resumo

Um grande problema para a sociedade é a geração de resíduos sólidos. Dependendo do que é decidido fazer com eles pode ser vantajoso para o meio ambiente, podendo inclusive gerar benefícios econômicos. Na pesquisa que está sendo desenvolvida propomos o aproveitamento das podas das arvores, assim como aquelas são descartadas no meio urbano para servirem de base para a produção de compostagem. Em vez de terem o aterro sanitário, terrenos vazios ou lixão como destino final, agora retornarão às praças, jardins e hortas públicas em escolas e creches na forma de compostagem. Nessa ação piloto realizamos a compostagem de retos de uma árvore de mangueira (Mangifera indica) que foi descartada produzindo uma pilha com as seguintes dimensões 2,50 m x 3,50 m x 0,80 m totalizando 7,00 m3 de massa triturada. O corte foi realizado no dia 10 a pilha montada no dia 14 de outubro de 2018 o resultado esperado e um fertilizante orgânico que deve está pronto para o uso entre 90 a 120 dias.

Publicado
2018-12-27
Seção
AGROECOL - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas