Produção e qualidade de fitomassa de Canavália e Crotalária semeadas para adubação verde em pastagem tropical perene de gramíneas

  • Adenor Vicente Wendling Doutor em Agroecossistemas, IFPR, campus Palmas, Palmas, PR, Brasil
  • Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho Professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC
  • Pedro Pablo Del Pozo Doutor em Ciências Agrícolas, Cátedra UNESCO Agroecología y Desarrollo Sostenible. Universidad Agraria de La Habana (UNAH)
Palavras-chave: ciclagem de nutrientes, Cynodon nlemfuensis, Panicum maximum

Resumo

Resumo: Com o objetivo de avaliar o crescimento, rendimento e a qualidade da Canavália e da Crotalária cultivados em pastagem formada por Panicum maximum e Cynodon nlemfuensis, foi instalado um experimento em Cuba, em pastagem manejada pelo Pastoreio Racional Voisin. O desenho experimental foi em blocos completamente casualizados, com 6 repetições. Os tratamentos foram: Canavália, com Canavalia ensiformis; Crotalária, com plantio de Crotalaria juncea. A Crotalária apresentou maior altura na quarta e quinta quinzena. A produção de fitomassa aos 85 dias após o plantio não diferiu entre os tratamentos, com uma média de 2,45 t MS ha-1 ano-1. A concentração de Mg foi maior na Canavália, sem diferença para os demais componentes avaliados. Concluímos que o plantio de Canavália e de Crotalária apresenta viabilidade de produção em área de pastagem formada por P. maximum e C. nlemfuensis.

 

Palavras chave: ciclagem de nutrientes, Cynodon nlemfuensis, Panicum maximum.

 

Introdução

A escolha de sistemas de produção sustentáveis vem sendo crescentemente requisitados nos últimos anos (WEZEL et al., 2014). O cultivo de plantas de cobertura do solo, intercaladas ou em consórcio são excelentes técnicas para melhorar a eficiência produtiva (XAVIER et al., 2013). A presença de leguminosas viabiliza a fixação simbiótica de nitrogênio (N) e melhora a produção (DUCHENE; VIAN; CELETTE, 2017), e que cria as condições para a sustentabilidade da produção (SANDERSON et al., 2005).

As espécies leguminosas Canavália (Canavalia ensiformis L.) e Crotalária (Crotalaria juncea L.) têm como característica o alto volume de produção e de cobertura do solo e a fixação de N via simbiose e  são frequentemente utilizadas para a cobertura do solo ou em consórcio (XAVIER et al., 2013).

Com a finalidade de melhoria a pastagens tropicais perenes de gramíneas, nos quais a convivência permanente de leguminosas é difícil e uma evidente deficiência de N para a pastagem, propomos o cultivo de Crotalária e Canavália nas pastagens perenes tropicais de gramíneas. Nosso estudo tem como objetivo avaliar a capacidade produtiva de Crotalária e de Canavália cultivadas em pastagem formada por Panicum maximum (Jacq) e Cynodon nlemfuensis (Vanderyst).

Material e métodos

O experimento foi instalado na Estação Experimental de Pastos e Forragens Índio Hatuey, em Cuba. O solo classifica-se como Ferralítico Rojo lixiviado e topografia plana.

A pastagem do local era formada por uma mistura de P. maximum e C. nlemfuensis, com aproximadamente 45% de cada espécie, e outras espécies em pequenas proporções. A pastagem vinha sendo manejada no sistema de Pastoreio Racional Voisin nos últimos 10 anos. O desenho experimental foi em BBC, com 6 repetições. Os tratamentos foram: Crotalária, com plantio de C. juncea espaçadas a 0,45 m entre linhas, com 10 sementes por metro linear; Canavália, com C. ensiformis espaçadas a 0,90 m entre linhas e 0,20 m entre plantas. As leguminosas foram semeadas em sistema de plantio direto, no período das chuvas, imediatamente após a roçada da pastagem no seu tempo ótimo de repouso.

Os dados de produção e qualidade de fitomassa foram determinados aos 85 dias após o plantio. Para a altura mediram-se as plantas quinzenalmente através de uma régua graduada, do solo até a altura da folha bandeira. A produção foi determinada cortando-se as plantas a 0,05 m do solo em uma área delimitada por um quadrado com um metro de lado, selecionada ao acaso. A concentração de N, P, Ca, cinza e Mg foi determinado segundo a metodologia de AOAC (1995) e a FDA segundo Van Soest et al. (1991) no Instituto de Ciência Animal de Cuba.

A análise estatística foi através de modelos lineares mistos. As médias comparadas pelo teste tukey (p<0,05). A normalidade dos resíduos foi verificada pelos gráficos. O gráfico de crescimento foi pelo ggplot2, utilizando o comando geom_smooth, e método loess.

Resultados

A Crotalária apresentou altura maior na 4ª e na 5ª quinzena, com 1,05 e 1,54m respectivamente, seguida pela Canavália que apresentou alturas de 0,82 e 1,12m nas respectivas quinzenas (Figura 1). Não houve diferença na altura das leguminosas até a 3ª quinzena de crescimento.  

A produção de fitomassa não diferiu entre os tratamentos, com média de 2,45 t MS ha-1 (Tabela 1).

 

Figura 1. Curva de crescimento da Canavália e Crotalária aos 85 dias semeadas em pastagem perene de gramíneas em Cuba.

 

A concentração de N, Ca, Mg, cinzas e FDA constam na Tabela 1. A Canavália apresentou maior concentração de Ca, não havendo diferença de concentração para os demais componentes avaliados.

Tabela 2. Produção de fitomassa e concentração de N, Ca, Mg, cinzas e FDA (% da MS), de leguminosas cultivadas em pastagens tropicais perenes, aos 85 dias após ao plantio.

Tratamento

t MS ha-1

N (%)

Ca (%)

Mg (%)

Cinzas (%)

 

 

Crotalária

2,2ª

3,3a

1,8b

0,28a

7,05a

42,3a

Canavália

2,7ª

3,3a

3,0a

0,35a

9,18a

34,4a

EP

0,46

0,11

0,39

0,08

1,19

2,8

EP=Erro padrão da média; Números seguidos da mesma letra não diferem entre si pelo teste Tukey (p<0,05)

 

Discussão

O plantio de leguminosas em pastagens formadas por gramíneas objetiva aumentar a produção de fitomassa, aumentar a cobertura do solo e fixar de nitrogênio através da simbiose com microrganismos. A produção de fitomassa obtida no nosso estudo é menor da encontrada em monocultura por Carneiro et al. (2008), cuja produção foi de 7,9 e 14,9 t ha-1 respectivamente para Crotalária e Canavália. A concentração de N foi idêntica ao encontrado por Carneiro et al. (2008). Apesar de produzir volume menor que outros estudos, o cultivo destas leguminosas acrescenta volume considerável de fitomassa, podendo auxiliar na ciclagem de nutrientes, além de melhorar a estruturação e o conteúdo de matéria orgânica no solo, sem danificar a pastagem existente.

  Conclusão

O cultivo de Canavália e Crotalária em áreas de pastagens perenes tropicais de gramíneas apresenta boa produção de fitomassa ricas em nitrogênio.  O aumento de N no ecossistema pastoril melhora as condições do solo e aumenta a mineralização da matéria orgânica. Por consequência, as espécies de gramas tropicais melhoram sua produção.

 

Agradecimento  Esta pesquisa teve o apoio financeiro do programa CAPES MES/Cuba.     Bibliografia citada

 

AOAC. Official methods of analysis of AOAC international. 15. ed. AOAC 

International, Gaithersburg, Maryland, USA. v. 1

CARNEIRO, C.; AURÉLIO, M.; CORDEIRO, S.; APARECIDA, M.; ASSIS, R.; CAMYLLA, P.; MORAES, S.; PEREIRA, S.; PAULINO, B.; SOUZA, D. DE. Produção de fitomassa de diferentes espécies de cobertura e suas alterações na atividade microbiana de solo de cerrado. Bragantia, v. 67, n. 2, p. 455–462, 2008.

DUCHENE, O.; VIAN, J.-F.; CELETTE, F. Intercropping with legume for agroecological cropping systems: Complementarity and facilitation processes and the importance of soil microorganisms. A review. Agriculture, Ecosystems and Env., v. 240, p. 148–161, 2017.

SANDERSON, M. A.; SODER, K. J.; MULLER, L. D.; KLEMENT, K. D.; SKINNER, R. H.; GOSLEE, S. C. Forage Mixture Productivity and Botanical Composition in Pastures Grazed by Dairy Cattle. Agronomy Journal, v. 97, n. 5, p. 1465–1471, 2005.

VAN SOEST, P. J.; ROBERTSON, J. B.; LEWIS, B. A. Methods for dietary fiber, neutral detergent fiber, and nonstarch polysaccharides in relation to animal nutrition. Journal of dairy science, v. 74, n. 10, p. 3583–97, out. 1991.

WEZEL, A.; CASAGRANDE, M.; CELETTE, F.; VIAN, J. F.; FERRER, A.; PEIGNÉ, J. Agroecological practices for sustainable agriculture. A review. Agronomy for Sustainable Development, v. 34, n. 1, p. 1–20, 2014.

XAVIER, F. A. DA S.; MAIA, S. M. F.; RIBEIRO, K. A.; DE SÁ MENDONÇA, E.; SENNA DE OLIVEIRA, T. Effect of cover plants on soil C and N dynamics in different soil management systems in dwarf cashew culture. Agric., Ecosystems and Env., v. 165, p. 173–183, 2013.

Publicado
2019-02-07